Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
Cada Nota Prosa Poética 18/07/06 31
CADÊ? Prosa Poética 14/08/07 53
Café das Manhãs Poesias 19/06/06 35
CAIS DE AMOR Prosa Poética 18/05/15 10
CAMINHANDO Prosa Poética 10/07/09 26
Canonizada Hipocondria Prosa Poética 05/08/06 32
Cão de Caça Sonetos 21/08/06 31
Carpe Diem Ex Nunc Poesias 04/07/06 49
Carta à Dona Morte Cartas 28/09/06 155
Cata-vento Prosa Poética 23/07/06 33
Ceifando as Trompas Prosa Poética 14/11/06 34
CEM ALMAS Prosa Poética 21/05/08 33
CHUMBO VIRA AMOR Prosa Poética 30/09/08 30
Cinco Séculos de Versos Prosa Poética 16/08/06 1405
Coisas a Deslizar pela Alvorada Sonetos 26/09/06 34
COM A ALMA NA JANELA Sonetos 14/10/07 58
Como Anda o Seu Amor? Prosa Poética 04/09/06 37
COMO ERA BOM! Prosa Poética 09/09/09 25
COMO TEMPERAR A VIDA Prosa Poética 01/08/07 55
Competição Intra-Específica Poesias 03/07/06 92
Página 8 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras