Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
Conto do Tonhão Contos › Minimalistas 09/08/06 53
Noite na Cama Poesias 07/08/06 53
POETAS DO GERÚNDIO Prosa Poética 16/04/08 52
A VACA E A SAIA Prosa Poética 10/03/08 52
ENTRE O BEM E AS COISAS QUE NOS PERSEGUEM Prosa Poética 31/10/07 52
MINHA CARA, LEITORA Prosa Poética 18/10/07 52
NASCI! ACHA POUCO? Prosa Poética 30/08/07 52
O CASAMENTO Prosa Poética 16/06/07 52
Bodas de Elefante Sonetos 28/04/07 52
Ao Classicismo de Richard Wagner Prosa Poética 17/09/06 52
Samba: Poesia Do Amanhã Poesias 12/08/06 52
É SEGREDO! Prosa Poética 09/04/08 51
PARA ESSE NATAL Prosa Poética 13/12/07 51
LEVE ESTAR Prosa Poética 01/10/07 51
NOSSA CRUZ DE CADA DIA Prosa Poética 24/09/07 51
ESCATOLÓGICA Prosa Poética 05/09/07 51
NOVELA DA TEORIA PROBATÓRIA POR ANÁLISE FILOSÓFICA DA DISPUTA PELO PERDÃO Prosa Poética 04/07/07 51
A CAVEIRA Sonetos 18/06/07 51
Manto Nato Sonetos 05/02/07 51
Amor de Não Prosa Poética 09/12/06 51
Página 7 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras