Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
ATO LÚGUBRE (A VÓS) Prosa Poética 07/01/16 15
Ato Reticente Prosa Poética 26/04/07 29
Aura Feminina Prosa Poética 04/10/06 73
Auto da Paixão Prosa Poética 16/09/06 35
AUTO DO AMOR NA AUTO ESTIMA Prosa Poética 26/06/07 72
BASEADO Prosa Poética 26/05/08 33
Bem-te-vi Prosa Poética 24/07/06 33
Boa Morte Prosa Poética 11/08/06 29
Boa Noite Prosa Poética 23/07/06 72
BOCA MORTA Prosa Poética 18/10/07 58
Bodas de Elefante Sonetos 28/04/07 52
BOLHA SECA Prosa Poética 16/04/08 86
BOLHAS DE INCHAÇO E SABÃO Prosa Poética 15/01/07 42
Bom Rebuliço Prosa Poética 16/06/06 29
BORBOLETINHA MENSTRUADA Prosa Poética 20/01/09 46
Bruxas E Afins Poesias 09/08/06 58
Bubão Vilão no Caixão Poesias 31/10/06 48
Buraco Negro Sonetos 09/09/06 33
BUSCANDO ELEGÂNCIAS Prosa Poética 02/09/06 35
Cabelos Brancos (ou Francos) Prosa Poética 11/09/06 67
Página 7 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras