Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
AMOR COM MEL, MELAÇO E ACÚLEOS Sonetos 21/06/07 67
Amor de Não Prosa Poética 09/12/06 51
Amor Desmesurado Amor Prosa Poética 17/10/06 123
Amor é Tudo Prosa Poética 13/08/06 44
AMOR “AL DENTE” Prosa Poética 31/10/09 24
AMOR, VERSO E ESPADA Prosa Poética 21/10/09 19
Andar em Falso Entulho que Sou do Mundo Prosa Poética 07/09/06 34
ANDROCEU EM DIAPAUSA (SERÁ?) Prosa Poética 08/05/15 6
Antítese da Vida Prosa Poética 20/10/06 51
Ao Classicismo de Richard Wagner Prosa Poética 17/09/06 52
AO LEITOR Prosa Poética 04/12/06 40
AO PARIR DA DOR Prosa Poética 20/10/16 13
AO TEU EGO Prosa Poética 11/08/20 13
Aos Ouvintes deste Ébrio Prosa Poética 29/08/06 29
APOÉTICA E HIPOTÉTICA Prosa Poética 18/05/15 9
Apoliticamente (Apocalipticamente) Poesias 25/09/06 94
APORIAS Prosa Poética 23/11/16 9
APRECIA UM PENSAR? – A LÓGICA DA ALMA Prosa Poética 21/07/08 38
AQUECIMENTO GLOBAL Prosa Poética 06/05/08 44
AQUÉM Prosa Poética 23/01/08 48
Página 5 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras