Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
Aura Feminina Prosa Poética 04/10/06 73
AUTO DO AMOR NA AUTO ESTIMA Prosa Poética 26/06/07 72
Boa Noite Prosa Poética 23/07/06 72
SÓ MESMO O AMOR! Prosa Poética 06/09/07 71
MUITO ALÉM DO SILÊNCIO Prosa Poética 29/01/08 69
Sofreguidão Prosa Poética 29/01/07 69
ÚLTIMO VERSO DE AMOR - O ENFADO Prosa Poética 23/01/08 68
JÁ ACONTECEU COM VOCÊ Prosa Poética 07/11/07 68
AR DE AMOR Prosa Poética 10/10/07 68
AMOR COM MEL, MELAÇO E ACÚLEOS Sonetos 21/06/07 67
Cabelos Brancos (ou Francos) Prosa Poética 11/09/06 67
SALVEM AS MULHERES! Prosa Poética 24/04/08 66
OS TRÊS LADOS DA VIDA Prosa Poética 11/02/08 66
INSATISFAÇÃO Sonetos 15/08/07 64
FERMENTO DO AMOR Prosa Poética 09/07/07 64
Soneto do Amor Esvaído Sonetos 17/11/06 64
NOTAS DO AMOR VISCERAL Prosa Poética 05/02/09 63
SONETO QUE INSPIRA Sonetos 13/09/07 63
AMO A ROSA Prosa Poética 23/07/07 63
Jantar a Três Prosa Poética 11/12/06 63
Página 4 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras