Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (640) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
O Vômito nos Serve de Refeição Prosa Poética 10/08/06 93
AS LOUCURAS DO TEMPO Prosa Poética 10/03/09 92
MULHER DE SAIA Sonetos 14/04/08 92
Competição Intra-Específica Poesias 03/07/06 92
Reentrância Prosa Poética 12/09/06 87
BOLHA SECA Prosa Poética 16/04/08 86
FEMININÍSSIMA Sonetos 06/11/07 85
A Maldição dos Insetos Poesias 12/07/06 84
QUERER BEM Sonetos 25/10/07 82
A ROSA E A VIDA Prosa Poética 21/11/07 81
DUVIDO DAS RIMAS Prosa Poética 21/09/08 80
NÃO É MERA COINCIDÊNCIA! Contos › Cotidiano 11/06/07 80
PROSA DO AMOR MAL-CUIDADO Prosa Poética 05/12/07 79
TEUS OLHOS Prosa Poética 13/10/07 78
VINHO E VERSOS Prosa Poética 07/08/07 78
O Tamanho da Língua Poesias 06/07/06 76
POEMINHA Poesias 04/10/07 75
Mar de Lamúria Prosa Poética 13/09/06 75
Poema do Desconsolo Poesias 04/09/06 75
O AMOR PREPONDERA Prosa Poética 05/11/07 73
Página 3 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras