Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
FULGURAS Prosa Poética 03/06/15 9
OCLUSO Prosa Poética 03/06/15 5
OS SONHOS SÃO AZUIS, A TARDE É GRIS Prosa Poética 28/05/15 12
DA VEIA CAVA (AS ONDAS) Prosa Poética 27/05/15 11
PELAS FRESTAS Prosa Poética 26/05/15 6
UM SOL MUDA TUDO! Prosa Poética 22/05/15 6
A DIVAGAR Prosa Poética 19/05/15 9
CAIS DE AMOR Prosa Poética 18/05/15 10
APOÉTICA E HIPOTÉTICA Prosa Poética 18/05/15 9
LUME Prosa Poética 13/05/15 8
O SAL DA IDADE (NO ÂMAGO DAS ENTRELINHAS) Prosa Poética 13/05/15 8
MELANCÓLICA Prosa Poética 12/05/15 8
ANDROCEU EM DIAPAUSA (SERÁ?) Prosa Poética 08/05/15 6
TÃO SIMPLES E QUASE INCOMPLETO Prosa Poética 08/05/15 10
NASCEU A ROSA Prosa Poética 08/05/15 8
O QUE FALTA AO POETA? Prosa Poética 07/05/15 10
RETALHOS DA ALMA Prosa Poética 07/05/15 10
UM BRINDE AO INFERNO! Prosa Poética 07/05/15 14
DESMORONAR Prosa Poética 05/05/15 11
A MORRER DE PAIXÃO Prosa Poética 04/05/15 13
Página 3 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras