Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (644) Sonetos (47)
Título Categoria Data Leituras
Não É, Parece! Prosa Poética 04/09/06 29
NÃO ENTENDO AS MULHERES (GOSTO CÍTRICO) Prosa Poética 30/05/08 281
Não Há Prosa Poética 31/07/06 32
NÃO PERCAS A ESSÊNCIA! Prosa Poética 09/06/15 8
Não Sou Bissexto Prosa Poética 27/09/06 35
NÃO VÊEM OS OLHOS Poesias 02/07/07 55
NÃO VISTO A MORTALHA! Prosa Poética 13/02/19 19
NASCEU A ROSA Prosa Poética 08/05/15 8
NASCI! ACHA POUCO? Prosa Poética 30/08/07 52
Natureza Harmônica Poesias 09/08/06 60
NEM BEM JANTO OS HUMANOS Prosa Poética 30/06/11 15
NEM O ESTÚPIDO FEL DA INOCÊNCIA Prosa Poética 22/08/11 16
Nem Sou Prosa Poética 20/06/06 30
Nem Tão Supremo Prosa Poética 23/06/06 32
NESTE DIA QUATRO DE JULHO Prosa Poética 04/07/08 32
NINGUÉM TEM NADA COM ISSO! Prosa Poética 22/09/11 24
NO ABISMO DAS ENTRELINHAS Prosa Poética 14/04/08 40
No Contrapé da Tenção Prosa Poética 04/09/06 35
NO FUNDO, SOMOS TODOS IGUAIS Prosa Poética 24/10/08 57
No Mais, Sobejar Prosa Poética 28/08/06 43
Página 21 de 38 « 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras