Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
ENTRE CERTAS REGRAS E POSSÍVEIS AMORES Prosa Poética 23/05/07 36
VIRTUDES E VERDADES Sonetos 22/05/07 95
Goles de Fúria (Mortes Torrenciais) Prosa Poética 22/05/07 34
Só Fumaça Prosa Poética 21/05/07 31
Atina a Rotina Prosa Poética 21/05/07 33
Ambíguos Amores Prosa Poética 20/05/07 378
O Causo da Cabra de Bigode Contos › Ficção Científica 15/05/07 186
Escombros do Amor Prosa Poética 15/05/07 50
Esqueço-me Prosa Poética 14/05/07 50
Pandilha Universal Prosa Poética 12/05/07 32
O Assassinato Sonetos 12/05/07 46
Lembranças ao Vento Prosa Poética 10/05/07 47
Por Trás da Peçonha Humana Prosa Poética 07/05/07 56
Em Se Tratando de Morte... Sonetos 02/05/07 41
CONTINUAM ESCARNECENDO A NOSSA POESIA! Prosa Poética 02/05/07 34
Embora Não Saibamos Viver Prosa Poética 02/05/07 46
Eu e o Nada Prosa Poética 01/05/07 57
João e Marias Prosa Poética 30/04/07 38
Frágil Como Bruma Prosa Poética 30/04/07 37
Somos Farinha, Não Temos Saco Prosa Poética 30/04/07 34
Página 21 de 38 « 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras