Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (644) Sonetos (47)
Título Categoria Data Leituras
MOÇA NAMORADEIRA Prosa Poética 26/06/08 57
MOMENTOS Prosa Poética 12/02/14 13
Moral da História Prosa Poética 11/09/06 39
MORRER DE AMOR Prosa Poética 06/04/10 41
MORRER NESTE MAR QUE É MEU Prosa Poética 23/09/11 19
MORRER OU DEIXAR DE ESCREVER A HISTÓRIA? Prosa Poética 10/06/07 36
MORTÍFERA Prosa Poética 05/06/07 31
MUITO ALÉM DO SILÊNCIO Prosa Poética 29/01/08 69
MULHER Prosa Poética 30/07/08 47
MULHER DE SAIA Sonetos 14/04/08 92
Na Foz do Amor Prosa Poética 21/08/06 36
Na Rua, Um Banco Contos › Cotidiano 07/08/06 109
Na Surdina, O Cego Resplandece Prosa Poética 15/06/06 28
Na Tarde de Domingo Poesias 23/08/06 49
Nada Como Um Amanhecer! Prosa Poética 25/09/06 36
Nada Então Prosa Poética 06/09/06 31
NADA MAIS Prosa Poética 16/10/09 20
NÃO É MERA COINCIDÊNCIA! Contos › Cotidiano 11/06/07 80
Não É O Verso Que Te Cria Poesias 01/07/06 32
NÃO É TÃO BOM SER BOM Prosa Poética 20/05/08 38
Página 20 de 38 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras