Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
LEIAS-ME OU MORRERÁS IGNORANTE! Prosa Poética 12/02/14 10
Lembranças ao Vento Prosa Poética 10/05/07 47
Lembre-se Prosa Poética 06/07/06 31
LEVE ESTAR Prosa Poética 01/10/07 51
LEVITAS! Prosa Poética 02/10/08 31
Lição de Hoje (Mais Uma do Amor) Prosa Poética 14/11/06 60
LIQUEFAÇÃO POÉTICA Prosa Poética 19/06/15 15
Liras Prosa Poética 27/07/06 29
LISINA AO POÇO Prosa Poética 05/06/07 30
LÍVIDA Prosa Poética 26/05/14 11
LIXO Prosa Poética 09/04/08 39
LUA CHEIA E QUASE SÓ Prosa Poética 16/06/07 41
LUA INCHADA Prosa Poética 05/12/07 44
LUA NAMORADEIRA Prosa Poética 28/09/07 50
LUME Prosa Poética 13/05/15 8
LUXO DUMA MENTE INEQUÍVOCA Prosa Poética 10/11/06 30
Madeira de Lei Prosa Poética 27/09/06 43
Mágoa de Menino Prosa Poética 23/09/06 39
MAIS PURO NÃO VERÁS! Prosa Poética 03/07/15 18
MAIS UM QUATRO DE JULHO Prosa Poética 04/07/11 25
Página 17 de 38 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras