Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
ETERNAMENTE Prosa Poética 21/05/08 36
CEM ALMAS Prosa Poética 21/05/08 33
E POESIA, O QUE É? Prosa Poética 20/05/08 49
NÃO É TÃO BOM SER BOM Prosa Poética 20/05/08 38
A INSPIRAÇÃO VAGA ALHURES Prosa Poética 20/05/08 34
ÀS ASPAS Prosa Poética 20/05/08 32
AH, ESSES ANJOS DA SOMBRA! – MENÇÃO A DRUMMOND Prosa Poética 20/05/08 39
VOZES PERPÉTUAS Prosa Poética 19/05/08 32
AS PÁS DO TEMPO Prosa Poética 12/05/08 33
POBRES VERSOS Prosa Poética 09/05/08 46
AQUECIMENTO GLOBAL Prosa Poética 06/05/08 44
O MAIS ESPETACULAR DOS AMORES - AS ENTRELINHAS COMO DIVÃ Prosa Poética 05/05/08 36
ESTE AMOR NÃO É MEU Prosa Poética 05/05/08 43
LÁGRIMAS DO MUNDO Prosa Poética 02/05/08 40
AI DE MIM Prosa Poética 30/04/08 40
SALVEM AS MULHERES! Prosa Poética 24/04/08 66
POETAS DO GERÚNDIO Prosa Poética 16/04/08 52
JANELAS D'ALMA Prosa Poética 16/04/08 49
ENTORNE O SEU SERENO Prosa Poética 16/04/08 40
TUDO SE PERDE Prosa Poética 16/04/08 44
Página 13 de 38 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras