Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (643) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
PRECIPITOU-SE Prosa Poética 18/06/07 44
Por Sermos Humanos Prosa Poética 30/03/07 44
Meu Verso, Meu Divã Prosa Poética 29/01/07 44
Quando Eu For Prosa Poética 07/09/06 44
Amor é Tudo Prosa Poética 13/08/06 44
Senhor Pica-Fumo Prosa Poética 02/08/06 44
AH, A POESIA! Prosa Poética 28/10/08 43
CONSOLAS-TE, MOÇA Prosa Poética 26/05/08 43
ESTE AMOR NÃO É MEU Prosa Poética 05/05/08 43
MEU DESPERTAR Prosa Poética 18/12/07 43
QUE TENHAS O CORPO Prosa Poética 01/10/07 43
ENTENDAS SE PUDERES Prosa Poética 30/08/07 43
POR ESSAS E MAIS OUTRAS Prosa Poética 29/08/07 43
O Coração Tem Mais e Menos Segredos Prosa Poética 24/10/06 43
Vezeira Vida Volátil Prosa Poética 15/10/06 43
Madeira de Lei Prosa Poética 27/09/06 43
No Mais, Sobejar Prosa Poética 28/08/06 43
Entre Contos e Sonhos Prosa Poética 24/08/06 43
Página da Vida Prosa Poética 05/08/06 43
Singeleza (Mal de Amor) Poesias 02/08/06 43
Página 11 de 38 « 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras