Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (636) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
A CEGA E ESTÚPIDA MANIA DE SER FELIZ! Prosa Poética 16/11/12 11
Ha Ha Ha Prosa Poética 21/07/12 14
VALERAM OS ANOS! Prosa Poética 21/06/12 25
CORPOS Prosa Poética 27/03/12 25
SONHAR Prosa Poética 08/03/12 26
POBRE TENÓRIO! Prosa Poética 07/03/12 15
A VIDA É UMA GRANDE PEÇA Prosa Poética 06/03/12 29
AS FELICIDADEZINHAS Prosa Poética 23/12/11 28
MORRER NESTE MAR QUE É MEU Prosa Poética 23/09/11 19
NINGUÉM TEM NADA COM ISSO! Prosa Poética 22/09/11 24
E SEGUE A VIDA... Prosa Poética 20/09/11 18
NEM O ESTÚPIDO FEL DA INOCÊNCIA Prosa Poética 22/08/11 16
SÓ POR ESTAR VIVO Prosa Poética 23/07/11 17
MAIS UM QUATRO DE JULHO Prosa Poética 04/07/11 23
NEM BEM JANTO OS HUMANOS Prosa Poética 30/06/11 15
A ESSÊNCIA DO POETA Prosa Poética 28/06/11 28
O AMÉM DOS DEUSES Prosa Poética 03/06/11 20
ONDE ESTÁ? Prosa Poética 08/02/11 42
TÃO SIMPLES COMO A VIDA Prosa Poética 20/01/11 29
O INDECIFRÁVEL SABOR DO VERSO Prosa Poética 13/01/11 30
Página 6 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras