Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (636) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
VINTE E OITO (QUASE SUGESTIVO) Prosa Poética 09/04/14 20
POR TANTO LODO E NADA MAIS Prosa Poética 04/04/14 6
SÂNSCRITO PARA O AMOR Prosa Poética 25/03/14 12
POBRES BIROTES ESCARLATES! Prosa Poética 18/03/14 6
CONTRASSENSO Prosa Poética 13/03/14 6
DESARMÔNICA Prosa Poética 28/02/14 5
SOB O LODO FIRME E OBSCURO DO AMOR Prosa Poética 25/02/14 5
FOTOSSINTETIZANDO A SÁTIRA DO VERSO (OCULTADOS GESTOS) Prosa Poética 19/02/14 26
SANGRAS-TE Prosa Poética 17/02/14 5
MOMENTOS Prosa Poética 12/02/14 12
LEIAS-ME OU MORRERÁS IGNORANTE! Prosa Poética 12/02/14 10
O MELHOR DOS AMORES Prosa Poética 08/02/14 14
TODA BORBOLETA TEM O SEU ANIMAL Prosa Poética 07/02/14 6
DONDE PARTEM AS LEMBRANÇAS Prosa Poética 07/02/14 6
QUEM NÃO ERRA? Prosa Poética 06/02/14 5
A ROSA E O ESPINHO Prosa Poética 06/02/14 8
A LÚDICA FELICIDADE Prosa Poética 30/01/14 11
ALMEJO Prosa Poética 30/01/14 8
VIVA! A MORTE NOS AGUARDA Prosa Poética 21/01/14 6
JÁ MOLHASTES O COLCHÃO? Prosa Poética 16/01/14 7
Página 4 de 38 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras