Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Acrósticos (3) Cartas (2) Contos (5)
Poesias (49) Prosa Poética (635) Sonetos (46)
Título Categoria Data Leituras
Cinco Séculos de Versos Prosa Poética 16/08/06 1226
SONETO DO SEXO SELVAGEM Sonetos 09/06/07 1021
POEMA ADULTO Prosa Poética 19/12/07 798
Quartzo, Feldspato e Mica Prosa Poética 27/07/06 451
TODAS AS FACES DA VIDA – SUAS FASES CADAVÉRICAS Prosa Poética 13/06/08 445
Ambíguos Amores Prosa Poética 20/05/07 378
A DIFERENÇA ENTRE EU E VOCÊ Sonetos 03/10/07 360
RODA DE CARROÇA Poesias 28/08/07 331
NÃO ENTENDO AS MULHERES (GOSTO CÍTRICO) Prosa Poética 30/05/08 281
POEMA INFANTIL Prosa Poética 18/09/07 277
ZERO (NÚMERO CARDINAL E ORDINÁRIO) Prosa Poética 12/09/07 266
Reflexão pela Fé Poesias 04/01/07 261
Amizade Não Faz Doutorado Contos > Cotidiano 08/08/06 211
Minha História Cartas 15/06/06 209
Vida à Solidão Prosa Poética 23/02/07 205
SALA DE NECROPSIA Prosa Poética 16/07/08 198
ABREVIANDO O SEXO (POR TRÁS E POR DENTRO DO ATO) Prosa Poética 28/06/07 195
Missa de Sétimo Dia Prosa Poética 13/10/06 192
Soneto da Responsabilidade Sonetos 21/08/06 180
A Joaquim Maria Machado de Assis Acrósticos 16/06/06 179
Página 1 de 37 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras