Fortuna Literária - Cesar Poletto

Poetizar é exteriorizar, é exaltar o belo, e, acima de tudo, embriagar-se com a vida.

Textos
Título Categoria Data Leituras
SOLAR DAS ALMAS Sonetos 22/05/10 17
A PAZ QUE PERQUIRIMOS Sonetos 20/08/09 18
MULHER DE SAIA Sonetos 14/04/08 92
DA BOCA NOSSA Sonetos 12/11/07 54
FEMININÍSSIMA Sonetos 06/11/07 83
QUERER BEM Sonetos 25/10/07 82
COM A ALMA NA JANELA Sonetos 14/10/07 58
A DIFERENÇA ENTRE EU E VOCÊ Sonetos 03/10/07 360
SONETO QUE INSPIRA Sonetos 13/09/07 63
ASCO DA ALMA Sonetos 11/09/07 54
INSATISFAÇÃO Sonetos 15/08/07 64
AMOR COM MEL, MELAÇO E ACÚLEOS Sonetos 21/06/07 67
A CAVEIRA Sonetos 18/06/07 51
SONETO DO SEXO SELVAGEM Sonetos 09/06/07 1020
DESGOSTO PRECISO Sonetos 26/05/07 45
VIRTUDES E VERDADES Sonetos 22/05/07 95
O Assassinato Sonetos 12/05/07 46
Em Se Tratando de Morte... Sonetos 02/05/07 41
Bodas de Elefante Sonetos 28/04/07 51
Manto Nato Sonetos 05/02/07 51
Página 1 de 3 1 2 3 [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras